Perfil

Minha foto
Brazil
"Acho que finalmente me dei conta que o que você faz com a sua vida é somente metade da equação. A outra metade, a metade mais importante na verdade, é com quem está quando está fazendo isso."

sábado, 10 de dezembro de 2011

Waldir Silva

A carreira de Waldir Silva é coroada de sucessos. Passou pelas mais famosas gravadoras do país e tocou ao lado dos maiores artistas do nosso cenário. Gravou composições próprias e registrou em disco trabalhos dos maiores compositores do País.

Conforme matéria de capa da revista "Isto É", um dos maiores veículos de comunicação do Brasil, Waldir Silva é um fenômeno na vendagem de discos, tendo atingido a marca de seis milhões de cópias no Brasil e, ainda, em quase todos os países do mundo. Seus discos são vendidos nos cinco continentes, inclusive através da Internet, através das empresas:

- CD NOW Corporation, com sede nos Estados Unidos, vendagem nas três américas, África, Oceania
- Boulevard Co., com sede na Europa, vendagem na Europa, Oceania e Ásia
- Frontstage Store, com sede na Bélgica, vendagem em todo mundo
- CD World Artistic Vision com sede nos Estados Unidos , vendagem em todo o mundo.


Waldir Silva é hoje um dos mais consagrados artistas do país. Com seu cavaquinho de ouro, Waldir Silva já gravou vinte e nove long plays, nove CD-Compact Disc e mais de uma centena de sucessos. Sem qualquer sombra de dúvida é o grupo instrumental, que possui o maior número de trabalhos gravados no Brasil.

Waldir Silva (Belo Horizonte, MG) Músico. Arranjador. Cavaquinista. Por sua virtuose no cavaquinho, ganhou o pesudônimo de "O Cavaquinho de Ouro".

Apresentou-se por todo o país em baile (acompanhado de seu conjunto) e em shows de lançamentos de seus discos.

Sua primeira composição gravada foi "Telegrama musical". Apesar de música eminentemente instrumental, essa composição através das notas musicais soladas, emitia uma mensagem expressa em código morse, que encantou a todos.

"Era noite de festa quando um grupo de músicos se preparava para tocar em Brasília. Entre eles, um tocador de cavaquinho se destacava. Seu nome era Waldir Silva e tinha 30 anos, na época. O músico, também operador de telégrafo, já sabia qual canção iria melodiar em seu instrumento. Não era uma música comum, as notas não eram apenas acordes. Sem cantar uma palavra sequer, ele enviou uma mensagem que ia além do som agradável. Todos gostaram, mas o aniversariante foi tocado de forma especial. Enquanto todos ouviam uma bela serenata, o homenageado decifrava o código morse (alfabeto telegráfico que representa as letras por pontos e traços) contido na composição. Gentilmente pediu o cavaquinho emprestado e, usando apenas uma corda, retornou o recado “Um abraço, JK”. Era Juscelino kubitschek, o então presidente do Brasil" (leia mais aqui)


O sucesso na época foi tanto, que Waldir Silva foi parabenizado pelo Dr. Juscelino Kubstichek de Oliveira, então Presidente da República do Brasil, que entendeu perfeitamente a mensagem e agradeceu respondendo também em código morse.

Compôs parte da trilha sonora da novela Pecado Capital, da Rede Globo de Televisão, maior rede de comunicação do País.

Foi indicado para o Prêmio Sharp de Música Popular Brasileira no ano de 1996.

Waldir Silva fez uma participação especial no grande Show Comemorativo dos Quinhentos Anos do Descobrimento do Brasil, no Parque de Exposições da Gameleira, na cidade de Belo Horizonte, Brasil, no dia vinte e dois de abril de 2000.

No ano 2000 participou das comemorações do 500 anos de Brasil em espetáculo na Europa (Portugal). Entre os dias 25.04.2000 a 12.05.2000, Waldir Silva e seu Conjunto representaram o Brasil, nas comemorações dos Quinhentos Anos do Descobrimento, na Europa, atendendo a um convite oficial. A viagem foi exaltada pelo governo Português e Brasileiro.

Foram visitadas as seguintes cidades: Lisboa, Óbidos, Batalha, Santarém, Fátima, Coimbra, Porto, Santiago de Compostela e Valência ( Espanha), Viana do Castelo, Ponte de Lima, Vila Verde, Braga, Guimarães e Ilha da Madeira.

O Vôo dos 500 anos como foi chamado o Projeto Cultural, levou a Cultura Mineira e Brasileira para a Europa e, na categoria musical, fomos honrados com esse maravilhoso convite.

Foram realizados os espetáculos denominados "Aquarela do Descobrimento", nos seguintes locais e cidades:

27.04.2000 - Biblioteca da Câmara de Lisboa, Palácio da Fulgosa, ocasião em que as autoridades do governo português deram as boas vindas aos visitantes brasileiros do Voô dos Quinhentos Anos do Descobrimento.
28.04.2000 - Grande Teatro do Fórum Lisboa, com patrocínio do Governo Português. O Governo Português distribuiu 1000 convites especiais para esse espetáculo.
29.04.2000 - Tarde de Música Brasileira no Shopping Amoreiras em Lisboa, juntamente com o lançamento do livro "Alegria Alegria", do jornalista e autor brasileiro Carlos Felipe.
01.05.2000 - Auditório Municipal de Vila Nova Gaia, cidade do Porto.
04.05.2000 - Auditório do Forte de Santiago da Barra, cidade de Viana do Castelo.
05.05.2000 - Biblioteca professor Machado Vilela, Vila Verde, cidade de Braga. Durante o espetáculo foi inaugurada a exposição alusiva aos 500 Anos do Descobrimento do Brasil. Fomos homenageados com o Brasão da Cidade e com apresentação dos alunos de Cavaquinho da Associação Recreativa e Cultural de Vila Verde seguida de uma Tocata do Grupo Folclórico de Vila Verde. Nessa cidade está localizado o Santuário do Bom Despacho. Nossa passagem por Vila Verde integrou o Projeto de Geminação, com a Cidade de Bom Despacho, em Minas Gerais, Brasil, onde nasceu Waldir Silva.
07.05.2000 - Complexo Artístico e Cultural A Parreira , Cidade de Funchall, Ilha da Madeira. Nesse espetáculo atuamos juntamente com um grupo folclórico de danças típicas madeirenses e tivemos a participação especial de um grupo de fados.
08.05.2000 - Espetáculo no Hotel Madeira Carlton, na Ilha da Madeira.



Lançou 29 LPs e nove CDS, entre eles "Tangos e Boleros", com o qual recebeu o "Disco de Ouro", da gravadora Movieplay.

Em 2010 lançou o CD "Os mais belos tangos e boleros". Apresentou-se no "Projeto Pizindin - Choro no Palco", no Consevatório UFMG, em Belo Horizonte, em grupo formado por Waldir Silva (cavaquinho), Zé Carlos (cavaquinho), Mozart Secundino (violão 6 cordas), Carlos Boechat (percussão), Agostinho Paolucci (violão 7 cordas) e Lúcia Bosco (voz).


Waldir Silva e seu espetacular Conjunto Musical marcam presença nos principais bailes, serestas, shows, exposições, festas, formaturas e congressos do Brasil e do mundo.

O repertório é variado e agrada pessoas de qualquer idade. Inclui : músicas das grandes orquestras, boleros, chorinho, seresta, valsa, samba, fox, xote, forró e sertaneja, tango, mambo, rumba, chá-chá-chá e um variado número de músicas dos inesquecíveis anos dourados relembrando o Rock and Roll, os Beatles e Rolling Stones.

Foram agraciados pela crítica, com o troféu Pró-Música, melhor conjunto, no ano de 1996.

O conjunto possui aparelhagem importada altamente sofisticada e infra estrutura de transporte para atender a demanda de eventos em todo o País.

Cantores, instrumentistas de sopro, cordas, teclados, percussão e bateria, se revezam durante cinco horas, com o espetáculo de Waldir Silva, agradando em cheio pessoas de qualquer idade.

O Conjunto participa dos Projetos Minas ao Luar e Minas em Serenata, patrocinados pelo SESC - Serviço Social do Comércio, com apresentações em mais de cem cidades do Estado de Minas Gerais, realizadas quinzenalmente. A duração do espetáculo é de quatro horas, onde são apresentadas músicas de todas as épocas. Todas as cidades visitadas ganham de presente uma canção seresteira composta por Waldir Silva e Mauro Silva, que retrata os aspectos culturais, históricos e artísticos da Cidade. Os prefeitos recebem durante o espetáculo, uma cópia emoldurada da letra para exposição na Prefeitura e uma gravação com a música. Várias dessas canções tornaram-se verdadeiros hinos dessas cidades. Visite a seção: "Canções de amor em homenagem às cidades por onde passamos".


FONTE

dicionário mpb

site

Nenhum comentário: